Qual é a importância da Consciência Fonológica na Educação Infantil?

As habilidades e aprendizagens adquiridas na educação infantil são fundamentais para o desenvolvimento ao longo dos anos. Uma dessas habilidades que pode ser desenvolvida na educação infantil é a Consciência Fonológica.

O que é Consciência Fonológica?

A consciência fonológica é um mapeamento da sonoridade, isto é, é pensar sobre o que estou falando, trabalhando assim habilidade de manipular os sons da fala para compreender a língua falada. Essa habilidade é trabalhada por meio de sub-habilidades, são elas:

– Escuta

A escuta é algo natural para todo ser humano que tenha o funcionamento perfeito da audição. No entanto, é possível desenvolver a habilidade de escutar os sons ativa, atenta e analiticamente, o que fará com que a criança preste atenção aos sons ao seu redor e posteriormente aos sons da fala, o que é o princípio para o desenvolvimento da consciência fonológica. Treinar a escuta também é um meio para ampliar o vocabulário, a consciência lexical e o capital lexical da criança.

– Rimas e Aliterações

As rimas e aliterações são muito importantes no desenvolvimento da consciência fonológica, pois nelas é possível encontrar um padrão nos sons, além do ritmo (se estiverem em versos, canções ou poemas/poesias), que favorece a compreensão e memorização.

– Consciência de Palavras e Frases

Para que a criança consiga chegar à consciência silábica, ela precisa aprender que as frases que falamos tem sentido porque cada palavra na frase tem um significado. Compreendendo isso, ela irá então aprender a segmentar as frases em palavras para posteriormente segmentar as palavras em sílabas.

– Consciência Silábica

Com a consciência silábica o aluno aprende que as palavras são divididas em unidades menores, as sílabas. Esse aprendizado acontece em duas etapas: síntese – o aluno aprende a separar as sílabas na palavra, ex.: de vaca a va-ca; e análise – ele aprende a juntar as sílabas e formar as palavras, ex.: ba-na-na vira banana. A sílaba é feita de uma vogal ou de uma combinação de vogais e consoantes. A sílaba representa um som que pode ser pronunciado em uma só emissão sonora, por isso é possível percebermos cada sílaba pronunciada ao colocar a mão no queixo. A Consciência Silábica é o passo que precede a Consciência Fonêmica.

– Consciência Fonêmica

A consciência fonêmica é a compreensão de que as palavras são formadas por sons individuais e que estes podem ser manipulados de diferentes maneiras, dessa forma a criança aprende como as palavras são formadas pelas unidades menores – os fonemas.

Qual a relação da Consciência Fonológica com a Educação Cristã?

A importância da preparação para o aprendizado da leitura e escrita por meio da consciência fonológica está em ensinar o aluno a ouvir e pensar sobre o que está ouvindo e posteriormente pensar sobre o que fala. A Bíblia nos ensina que devemos ser “prontos ao ouvir e tardio para falar” (Tg 1:19), pois precisamos pensar sobre o que estamos ouvindo e responder segundo a Palavra de Deus, esta é a base da educação cristã, ouvir e analisar o que está ouvindo segundo a cosmovisão cristã.

Paul Jehle diz que “Na raiz do método fônico está a obediência e concentração da parte do aprendiz para articular os sons falados pelos pais e professores. É uma submissão à autoridade, à ordem e à regularidade da linguagem. Quando é formado na criança o amor pelo ouvir, o desejo para compreender, falar e ler serão a fonte de inspiração que fará a criança amar a aprendizagem.”

A pedagogia moderna tem utilizado métodos que não ensinam a criança a ouvir, distanciando-a assim da instrução correta, por meio das autoridades que Deus estabeleceu em sua vida para ensiná-la. Como cristãos, precisamos resgatar a aprendizagem por meio da escuta e obediência.

Maria Clara dos Rios Castro
Formada em Pedagogia pela Universidade de São Paulo.
Especialista em Consciência Fonológica e Alfabetização Fônica.
Coordenadora Pedagógica – Educação Infantil.

Bibliografia
SAVAGE, John F. Aprender a ler e a escrever a partir da fônica: um programa abrangente de ensino/ John F. Savage; tradução: Cynthia Beatrice Costa, Porto Alegre: AMGH, 2015.
ADAMS, Marilyn Jager [et al.]. Consciência Fonológica em crianças pequenas, tradução: Roberto Cataldo Costa, Porto Alegre: Artmed, 2006.
JEHLE, Paul. Educação por princípios: fundamentos do currículo escolar; tradução: Inez Augusto Borges, São Paulo: AECEP, 2016.

Educação Infantil

Educação Infantil

A Educação Infantil é uma fase importante para a formação do caráter, na constituição do sujeito, no autoconceito, nos valores que vão sustentar as opções e decisões ao longo da vida.

Saiba Mais
Ensino Fundamental I

Ensino Fundamental I

Aproximadamente dos 6 anos de idade já encontra-se pronto 90% do desenvolvimento físico do cérebro. A partir do 1º ano do Ensino Fundamental a criança já está preparada para receber uma quantidade bem maior de informações.

Saiba Mais
Ensino Fundamental II

Ensino Fundamental II

É uma fase onde não necessitam mais das fantasias para considerar problemas e situações. Desenvolve a habilidade de abranger conteúdos puramente abstratos, como elevados conceitos matemáticos e filosóficos.

Saiba Mais
Ensino Médio

Ensino Médio

O Ensino Médio representa a etapa final da Educação Básica no Brasil. No IAVEC o Ensino Médio tem duração mínima de três anos e visa à formação do educando nos aspectos acadêmico, social, ético, físico e espiritual.

Saiba Mais

7 Princípios

Mordomia União Soberania Carater Individualidade Auto Governo Semeadura e Colheita

Escola Associada

Logos Associados