Protegendo nossas crianças

blank

A curiosidade infantil, que se manifesta de muitas maneiras, demonstra a necessidade que a criança tem de compreender a realidade a sua volta. A curiosidade das crianças é o primeiro passo para a aprendizagem, é um  comportamento natural o querer saber, conhecer sobre a vida e tudo que a rodeia através da investigação e do aprendizado. Há uma grande capacidade de aprendizagem que envolve a infância. Isso se torna extremamente benéfico quando bem canalizado. Em um tempo onde  há informações livres e de todas as formas, nossa atenção deve ser redobrada. A maior destruição de uma geração se inicia na educação de cada criança, se inicia nos ensinamentos recebidos dentro dos lares, nas escolas, com as companhias. Temos visto o  quanto pais estão sendo enganados quanto a forma como eles devem educar os seus filhos. Há um apelo gritante que insiste em nos dizer: – o que tem demais? O que tem demais ficar na TV uma tarde toda? O que tem demais deixar a criança no celular? O que tem demais estimular danças sensuais? Ou permitir músicas que distorcem valores e princípios? O que tem demais dar aos filhos tudo o que querem mesmo que não se importam e nem valorizam? O que tem demais?

Será que as crianças precisam ser expostas a tudo que mundo oferece para que possam aprender a viver nele? Deus nunca pretendeu que eu e você conhecêssemos o mal para vivenciá-lo. Seu desejo é que sejamos sábios em relação ao bem, mas puros em relação ao mal (Romanos 16.19), mas o mundo diz sempre o contrário:” mas você vai criar seu filho em uma bolha? todos os amiguinhos vão menos ele? Pra que estudar numa escola cristã, seus filhos precisam conhecer o mundo lá fora…tadinho, vai crescer revoltado…discursos do engano!

Na verdade é que a nossa tarefa não é criar filhos que possam “se adaptar” ou meramente “sobreviver” neste mundo. O desafio de todo pai cristão é criar filhos que amem a Deus de todo coração, alma, mente e forças, que tenham um relacionamento comovente e pessoal com o Senhor Jesus e cujas vidas sejam luzes vivas e brilhantes penetrando na escuridão ao seu redor. Os pais cristãos devem buscar criar não apenas bons filhos, mas filhos que abraçam a verdade com entusiasmo, filhos que amam a justiça e odeiam o mal, filhos que serão usados por Deus para mudar este mundo.

A palavra do Senhor nos diz em Provérbios 11.9 que o temor do Senhor é o princípio da sabedoria.

Seja sábio segundo os preceitos eternos e verás a fidelidade do Senhor na sua descendência.

Veronica Santos Marconi
Pedagoga
Mestre em Educação Cristã pela FCU-Flórida Christian University
Diretora Geral IAVEC

Educação Infantil

Educação Infantil

A Educação Infantil é uma fase importante para a formação do caráter, na constituição do sujeito, no autoconceito, nos valores que vão sustentar as opções e decisões ao longo da vida.

Saiba Mais
Ensino Fundamental I

Ensino Fundamental I

Aproximadamente dos 6 anos de idade já encontra-se pronto 90% do desenvolvimento físico do cérebro. A partir do 1º ano do Ensino Fundamental a criança já está preparada para receber uma quantidade bem maior de informações.

Saiba Mais
Ensino Fundamental II

Ensino Fundamental II

É uma fase onde não necessitam mais das fantasias para considerar problemas e situações. Desenvolve a habilidade de abranger conteúdos puramente abstratos, como elevados conceitos matemáticos e filosóficos.

Saiba Mais
Ensino Médio

Ensino Médio

O Ensino Médio representa a etapa final da Educação Básica no Brasil. No IAVEC o Ensino Médio tem duração mínima de três anos e visa à formação do educando nos aspectos acadêmico, social, ético, físico e espiritual.

Saiba Mais

7 Princípios

Mordomia União Soberania Carater Individualidade Auto Governo Semeadura e Colheita

Escola Associada

Logos Associados