Princípios Bíblicos aplicados no IAVEC

Saiba quais os princípios bíblicos aplicados no IAVEC:

Princípios Bíblicos

1. Gênesis 2:15 – Tomou, pois, o Senhor Deus ao homem a o colocou no Jardim do Éden, para o cultivar;Isto significa trabalhar arduamente, afadigar-se, ou seja, implica caráter.

Princípio de Deus de Caráter: O desejo de Deus de formar a imagem e a natureza de Jesus dentro de cada um dos seu filhos.

2. Gênesis 2:15- “… e o guardar”-Isto significa observar, tomar conta com atenção, guardar com cuidado, implicando uma mordomia.

Principio de Deus de Mordomia: Deus, como proprietário de toda as coisas,tem dado ao homem a responsabilidade de possuir propriedades externas e internas.

3. Gênesis 2:16b – 17-“De toda a árvore do jardim comerás livremente, mas da árvore do conhecimento do bem a do mal não comerás”.Estas foram as instruções de governo provando o domínio próprio de Adão.

Princípio de Deus de Governo: (Auto governo ou Domínio próprio) O plano de Deus é que todas coisas sejam governadas de dentro para fora.

4.Gênesis 2:17b-“porque no dia em que dela comeres, certamente morrerás”– Isto implica causa e o efeito da desobediência, ou seja a lei da semeadura e colheita

Princípio de Deus de Semear e Colher: Quando alguém dá, o retorno é reproduzido e esta é a maneira de Deus, colhemos o que semeamos.

5. Gênesis 19-23 – aqui Deus pensa junto com Adão Ievando-o a dar nome a todos os animais da criação, os quais vinham em pares, permitindo assim que Adão chegasse a mesma conclusão com relação ao plano de Deus para ele: “… todavia não se achava uma auxiliadora que Ihe fosse idônea”,isto implica Soberania, onde um Deus soberano permite que sua criação  mais elevada, planeje  e execute  junto com Ele.

Principio de Deus de Soberania Deus, como o Supremo Soberano de todas as coisas é a fonte e a força  do homem.

6. Gênesis 2:20-“Deu nome o homem (Adão) a todos as animais domésticos, as aves do céu”- Isto implica a individualidade de toda a criação, tendo variedades distintas e natureza singulares. Isto também estabelece o fundamento do domínio do homem sobre a Terra como a criação superior.

Princípio de Deus de Individualidade Todas as coisas que Deus criou tem uma identidade distinta.

7. Genesis 2:24“ Por isso deixa o homem pai e mãe e se une à sua mulher, tornando-se os dois uma só carne.Isto implica o estabelecimento de um pacto sobre a terra, expressado pela primeira vez na família.Princípio de Deus de União (Pacto ou unidade) Todas as coisas são designadas para funcionarem em harmonia internamente mesmo que permaneçam distintas. É Necessário ter unidade interna antes que exista harmonia.